Now Playing Tracks

Se você perguntar o que me fez gostar de você, eu não vou saber responder. Posso até arriscar alguma coisa, elogiando o teu sorriso ou dizendo o quanto eu gosto desse teu jeito implicante e que me dá razão para tudo. Mas ainda seria pouco. É pouco. Eu posso continuar arriscando, dizendo que foram as tuas mensagens no meio da madrugada, falando que você perdeu o sono e que passou a noite pensando em mim. Em nós. Ou que foram as demonstrações de carinho e cuidado que você me deu, mesmo quando eu fui egoísta e mandei você embora. Posso, também, dizer que foram as noites que passamos conversando, coisas importantes e outras nem tanto, e que de tanto ficarmos juntos, peguei as tuas manias todas para mim. Posso dizer que foram as vezes que você me chamou para ficar ao teu lado, pra me dar um chamego ou um abraço quando eu me sentisse um pouco insegura em relação a qualquer coisa – ou pessoa – que ameaçasse roubar você de mim. Ou que foram os teus elogios e a tua maneira de me encher de mimo, mesmo quando eu teimo dizendo que não quero ou não preciso. Posso dizer, ainda, que foram a tua atenção e paciência, quando tudo que eu fiz foi te pedir pra me deixar em paz, quando rejeitei a tua companhia. Que foram todas as vezes que você me enxergou melhor do que eu realmente sou, e me fez querer ser melhor do que eu poderia ser. Que foram todas as vezes que você insistiu em mim e não desistiu de me mostrar que somos melhores juntos, um ao lado do outro, tendo um ao outro e sendo um do outro. Posso arriscar um pouco mais e dizer que foi quando você me surpreendeu com um “eu te amo tanto” ao invés de um “gosto tanto de você”. E juntando tudo isso, eu tenho você. Inteiro. Completo. Você. Que uma vez chegou a me dizer que estaria longe de ser quem eu esperava ou queria comigo. Você. Que não fazia parte dos meus planos, e por quem eu não poderia me apaixonar. Você. Que conquistou cada pedacinho de mim. E que ganhou meu coração. Você. Que tem o meu amor. E me tem, amor.
Plenitude  (via realidadesdeummenino)

se-hoje-nao-compensar:

Minha Princesa


Tenho certeza de que esta será a carta mais difícil de escrever, então comecei ela antes das outras. 

Meu amor, primeiramente, me perdoa. Mas me perdoa de verdade, me perdoa por tudo que eu te fiz passar. Me perdoa pelas palavras que te magoaram, me perdoa pelos meus ciúmes idiotas, me perdoa por fumar, me perdoa por beber, me perdoa por não me cuidar, me perdoa por não poder cuidar de você. Me perdoa por se idiota e não ouvir quando você me mandava ficar em casa, me perdoa por te fazer chorar tantas vezes, me perdoa por não poder te entregar aquele colar que eu fiz pra você.  Me perdoa pelas risadas que eu te fiz dar, me perdoa pelas lembranças que eu te proporcionei, me perdoa por entrar na sua vida e bagunça-la ainda mais. Me perdoa por te amar mais a cada dia, me perdoa por não ser aquele a quem sempre pertenceu seu coração. Me perdoa por te amar e por te odiar de tanto amar você.

Princesa, promete pra mim que vai comer direito? Promete também que vai dormir, que vai estudar, que vai crescer e se tornar a mulher maravilhosa que você já é? Promete que vai casar com um cara bom, que vai cuidar de você e te amar incondicionalmente, não casa com um idiota tá? Por mim. Promete pra mim que vai cuidar bem dele também e dos seus filhos. Aposto que você vai ter filhos lindos, um terá seus olhos, outro seu narizinho arrebitado, outro o seu sorriso lindo… Promete pra mim que vai ficar bem, que vai pensar coisas lindas antes de dormir só pra ter sonhos bons, promete que vai sorrir toda vez que ver uma flor. Sabe por que? Porque daqui pra frente, todas as flores que você ver, sou eu que estou dando pra você, como presente novo a cada dia. Promete também que vai guardar dentro do seu coraçãozinho gelado, todo o amor que eu sinto por você, e isso vai derrete-lo e fazer você enxergar o mundo mais bonito e colorido.

Minha linda, eu acho que não vou ter tempo de te mandar uma despedida, mas se você ler essa carta, peço que pare e pense em todas as vezes que você me odiou. Pensou? Então, agora junta todas essas vezes e esquece, por favor. Eu não aguentaria saber que você me odeia, nem que seja por um segundo. Agora pensa em todas as vezes que nós fizemos planos, todos os sorrisos que eu tirei de você, todas as coisas boas ao meu respeito que você conseguir. Pensou? Então, essas coisas eu quero que você escreva, desenhe, grave, não sei. Dê um jeito de guardar, pra usar quando sentir minha falta. 

Minha princesa, lembra de mim de vez em quando? Só às vezes, não tem problema, mas lembra? Lembra que teve um cara que te amou mais do que a vida, e que você foi quem fez dele uma pessoa um pouco melhor.

Eu sei que o número de erros que cometi na vida, não são comparáveis as coisas boas que fiz, sei que eles nunca serão justificados, mas mesmo assim espero que você saiba que se fui um idiota, a culpa não é sua. Eu sei que você me ama, sei que fez de tudo que podia pra não me ver chorando, eu sei que você não é perfeita e que não pode fazer nada pra me ver melhor. Sei que você tentou tudo o que pode, mas eu afastei você. Eu sei de tudo isso! Não se preocupe, eu jamais guardaria alguma espécie de sentimento ruim, porque você é o que me mantém respirando até agora.

Eu vou até seu tumblr todos os dias, pra ver o que você posta, às vezes te mando uma ask, só pra sentir que está falando comigo. To ficando confuso, as palavras não saem direito e provavelmente essa carta não vai ficar como eu gostaria que estivesse, mas to te entregando tudo o que eu tenho.

Meu bebe, você sabe que todas as idiotices que eu te disse foram mentira não sabe? Foi fácil demais convencer você que eu não te amava, que você não tinha importância, tão fácil que eu chego a pensar que nunca te provei o quanto te amava. Então vou tentar te convencer uma  última vez:

Eu amo você.

Amo você mais do que pensei que poderia amar alguém, amo você por que de todas as pessoas você foi a única que me enxergou da maneira que eu realmente sou. Eu amo você de todas as maneiras possíveis, da forma mais intensa e eterna que existe. Eu te amo com meu espírito, será que você me entende? Eu nem sei por que te amo tanto assim, mas eu amo e cansei de tentar me convencer do contrário.

Meu amor, você é linda, e eu vou te dizer isso todos os dias da sua vida, te cochichar no ouvido… espero que você possa me escutar. Você é perfeitamente imperfeita, eu amo cada um dos seus defeitos, amo o jeito que você meche no cabelo, amo a maneira que você sorri quando tá com vergonha, amo quando você morde o lábio, amo quando você me chama de “pê”. amo os seus jeitinho manhosos, amo sua maneira de escrever, amo seus ciúmes, amo seu jeito meio mandão de cuidar de mim. eu amo assim, no presente mesmo, por que não importa onde eu esteja, vou continuar amando a minha Lau…

Minha Pamonha, você foi tudo na minha vida, é tudo na minha vida e vai ser tudo na minha vida. Me desculpe por te deixar assim, mas peço que você me entenda, eu não sou mais tão forte. A estrutura de ferro reforçado que me mantem em pé apesar de todas essas coisas finalmente ruiu. Com a chuva, os esforços, as escuridões que passei. Nem esse amor tão grande me fez ter vontade de permanecer aqui, não vejo mais sentido. 

Eu acho que é melhor parar por aqui, já disse o bastante pra você se manter, mandei minha blusa da GAP que você tanto queria pra prefeitura da sua cidade, por que não tive tempo de pedir seu endereço meu amor. Espero que meu perfume continue nela.

Eu te amo, pra sempre.

We make Tumblr themes